Casa de Santa Maria

Horário Aberto
Aberto
Seg: Fechado
Ter - Dom: 10:00-13:00, 14:00-18:00
Morada[ + info ]
NomeCasa de Santa MariaMorada

Rua do Farol de Santa Marta
2750-341 Cascais

FreguesiaCascais e EstorilGeolocalização38.691352,-9.421463 (abrir mapa)

Rua do Farol de Santa Marta
2750-341 Cascais

Preço[ + info ]

Preço geral: 5,00€ (inclui Farol Museu de Sta. Marta)

50% desconto: Bilhetes seniores, estudantes e residentes no concelho de Cascais

Packs:  Bilhete Família (máx. 6 pessoas: 1 bilhete grátis) | Bilhete Grupo (+ 7 pessoas: 25% de desconto sobre o valor total) | Bilhete Pack CP (Passe BM diário + Bilhete ida e volta CP Cascais Cais do Sodré): 12,00€

Gratis: < 18 anos (inclusive) | Cartão escolar integrado | Escolas e Instituições de educação com marcação prévia | IPSS de cariz social sem fins lucrativos | ONG | Jornalistas em função com marcação prévia | Desempregados | Guias Turísticos credenciados

Preço geral: 5,00€ (inclui Farol Museu de Sta. Marta)

comprar
Descrição

Indissociável da paisagem de Cascais, no conjunto que forma com o Farol Museu de Santa Marta e o Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães, a Casa de Santa Maria é uma construção de 1902. Constitui uma das mais emblemáticas obras do arquiteto Raul Lino, que iniciou a sua carreira precisamente no concelho de Cascais, projetando uma série de casas para alguns amigos.

No final do século XIX, Jorge O’Neil, aristocrata ligado à indústria tabaqueira, adquiriu alguns terrenos junto a Santa Marta e mandou construir primeiro a Torre de São Sebastião - atual Museu Condes de Castro Guimarães – e, um pouco mais tarde, a Casa de Santa Maria.

Por volta de 1917, a propriedade foi vendida ao engenheiro José Lino Júnior, irmão mais velho do arquiteto Raul Lino. José Lino, grande colecionador e apreciador de arte, adquiriu para a sua nova casa um conjunto de azulejos artísticos do século XVII e um teto de madeira pintado a óleo, de autoria atribuída a António de Oliveira Bernardes, espólio este proveniente de uma antiga capela, em Frielas.

Mais tarde, em 1925, a casa foi adquirida pela família Espírito Santo, que nela recebeu a visita de personalidades ilustres, como a Grã-duquesa Carlota do Luxemburgo e a sua família, os Condes de Barcelona, o Rei Humberto II de Itália, os Duques de Windsor, entre outras.

Projetada em comprimento, a Casa de Santa Maria é constituída por uma sucessão de compartimentos, resultado de um exercício de crescimento bem idealizado. No seu interior destaca-se a articulação de uma série de elementos, ressaltando um elevado número de azulejos figurativos e de padrão, tanto de iconografia campestre como religiosa, e o teto de madeira pintado a óleo, que foi adaptado à sala de jantar. A existência de tão rica e diversificada coleção de azulejos – painéis como a Purificação de Nossa Senhora, a Fuga para o Egipto, a Virgem com Jesus e São João Meninos, a Circuncisão, Jesus entre os Doutores, Nossa Senhora costurando – revelam uma valia patrimonial indiscutível, visto tratar-se de repertório artístico do barroco português.

O espaço, que é procurado para visitas guiadas temáticas, acolhe regularmente conferências, apresentações de livros, workshops diversos, exposições temporárias e cursos livres. As suas instalações podem também ser requeridas para a realização de casamentos e outros eventos de cariz social e promocional.

Em outubro de 2004 a Casa de Sta. Maria foi adquirida pela Câmara Municipal de Cascais à família Espírito Santo.

Mais informação em cultura.cascais.pt