Museu Condes de Castro Guimarães

Horário Fechado
Fechado
Seg: Fechado
Ter - Dom: 10:00-13:00, 14:00-18:00
Morada[ + info ]
NomeMuseu Condes de Castro GuimarãesMorada

Av. Rei Humberto II de Itália
Parque Marechal Carmona
2750-319 Cascais

FreguesiaCascais e EstorilGeolocalização38.692065,-9.421693 (abrir mapa)

Av. Rei Humberto II de Itália
Parque Marechal Carmona
2750-319 Cascais

Preço[ + info ]

Preço geral: 4,00€

50% desconto: Bilhetes seniores, estudantes e residentes no concelho de Cascais

Packs:  Bilhete Família (máx. 6 pessoas: 1 bilhete grátis) | Bilhete Grupo (+ 7 pessoas: 25% de desconto sobre o valor total) | Bilhete Pack CP (Passe BM diário + Bilhete ida e volta CP Cascais Cais do Sodré): 12,00€

Gratis: < 18 anos (inclusive) | Cartão escolar integrado | Escolas e Instituições de educação com marcação prévia | IPSS de cariz social sem fins lucrativos | ONG | Jornalistas em função com marcação prévia | Desempregados | Guias Turísticos credenciados

Preço geral: 4,00€

comprar
Descrição

Localizado no interior do Parque Marechal Carmona, o Museu Condes de Castro Guimarães é o mais antigo espaço museológico do concelho.

Inaugurado em 1931, foi dirigido por figuras de grande prestígio no meio cultural português, como por exemplo João Couto, Carlos Bonvalot, Branquinho da Fonseca e Maria Alice Beaumont. Em 1932, Fernando Pessoa candidatou-se ao cargo de conservador, porém não foi admitido por falta de habilitações.

A Torre de S. Sebastião, atual Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães, data do início do séc. XX e foi edificada por iniciativa do aristocrata Jorge O'Neil. Obra notável da arquitetura romântica, a Torre de S. Sebastião fascina pela mistura de estilos e por um envolvente misticismo que faz imaginar histórias de outros tempos.

Em 1910, o palácio foi vendido aos Condes de Castro Guimarães que, após procederem a algumas alterações, passaram a habitá-lo grande parte do ano. O bom gosto do casal refletiu-se na aquisição de peças de arte e mobiliário representativos de várias épocas, assim como o seu interesse pela cultura se fez sentir na compra de dois dos elementos mais significativos do acervo do atual museu: um órgão neo-gótico, construído de encomenda para o Conde e a valiosa Crónica de D. Afonso Henriques, de Duarte Galvão.

Quando faleceu, em 1927, o Conde deixou, em testamento, a casa e propriedade ao Município de Cascais, para que nelas fosse constituída uma Casa-Museu e Jardim Público. O Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães foi oficialmente inaugurado a 12 de julho de 1931, tendo sido durante largos anos o único existente no concelho de Cascais.

O Serviço Educativo do Museu Condes de Castro Guimarães existe desde 1964, altura em que se iniciaram as visitas guiadas para grupos escolares e as oficinas de artes plásticas.

Mais informação em cultura.cascais.pt

Mais Info